Categorias Dicas

Dicas para escolher tintas corretamente

tintas
O ano novo está chegando e muita gente aproveita esse tempo de renovação para dar uma mudada também nos ambientes da casa. Uma das formas mais fáceis e econômicas de fazer isso é mudando as cores das paredes com tintas.
Não faça essa mudança ser uma dor de cabeça, preste atenção em algumas dicas que vão te ajudar a escolher as tintas da forma correta.
 
Teste a cor da tinta antes de pintar a parede
Quando as tintas secam, muitas vezes elas mudam um pouco sua tonalidade, ficam mais claras ou, as vezes, mais escuras. Por isso, teste a cor antes de comprar uma grande quantidade de tinta. Compre uma latinha pequena e teste em um pedacinho de uma parede, dessa forma você vai se certificar de que está comprando a tonalidade que deseja.
 
Cuidado com os preços muito baixos
Preço baixo nem sempre significa economia. Procure, acima de tudo, tintas que sejam conhecidas por sua qualidade. Tintas mais baratas as vezes tem quantidade menor de pigmento o que vai exigir mais demãos e, consequentemente, mais gastos.
 
Use as tintas certas para cada ambiente
Existe uma grande variedade de tintas no mercado e cada uma tem sua função. Escolha os produtos indicados para ambientes internos e externos, por exemplo. A tinta usada para aquele local que fica muito tempo exposto ao sol nem sempre vai ser a mesma do que para uma sala de jantar.
  • Para lugares úmidos (banheiros, cozinhas, e ambiente externos, por exemplo) – prefira usar tinas acrílicas, elas são impermeáveis e tem mais resistência à água.
  • Para ambientes secos (quartos e salas, por exemplo) – prefira tinta látex, ou PVA, ela garante secagem rápida e odores mais suaves. Além disso, é mais barata que a acrílica e mais permeável, mas também é resistente.

Verifique o lote das tintas
Muitas vezes quando os lotes são diferentes, os tons das tintas também podem mudar. Se comprar tintas da mesma cor, mas de lotes diferentes, misture-as em um recipiente que comporte toda a tinta necessária. Assim você vai evitar de ter diferentes tons em uma mesma parede.
 
Leve em consideração o material em que a tinta será usada
O ambiente afeta a escolha da tinta e o material em que ela será aplicado também. É preciso tomar cuidado para não fazer as escolhas erradas.
  •  Azulejos e plástico: resinas como a epóxi são as tintas mais indicadas, elas são impermeáveis, mais resistentes e duradouras. Porém a epóxi precisa ser misturada com a quantidade certa de catalisadores, que garantem o endurecimento da camada de tinta. Portanto, é recomendável sempre contratar um profissional especializado para a aplicação desse tipo de resina.
  • Metais: nesse material são recomendadas tintas a óleo, esmalte ou tintas automotivas. No momento de fazer a pintura nesse tipo de material é importante remover toda a ferrugem com uma lixa e passar removedor para tirar qualquer resquício de óleo ou gordura.
  •  Madeiras: tinta em spray é a opção mais indicada, mas também podem ser usadas tintas a óleo e esmalte sintético. Assim como nos metais, as madeiras precisam ser lixadas para ficarem uniformes.

Comentários